Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



domingo, 25 de novembro de 2012

DOMINGO...

Domingo...
Por: ALESSANDRA LELES ROCHA





Quase em regime de consenso o domingo tem sempre uma carinha melancólica, com ares de preguiça, de vontade se entregar ao mais completo ócio. É! O primeiro dia da semana não nos passa uma empolgação esfuziante e, talvez, seja por isso que o restante se torne tão difícil de levar!
Domingo é o único dia da semana que nos transmite a sensação de domínio sobre os ponteiros do relógio. Podemos dormir até mais tarde. Podemos realizar as refeições fora de hora. Podemos escolher a rotina que melhor nos satisfaça. No domingo nós podemos...!
Mas, valsando nos seus ares, podemos sim desfrutar de momentos particularmente interessantes. Seja sob a moldura de um lindo dia de sol ou de pingos d’água desenhados por conta própria na vidraça embaçada, uma inspiração, quase inconsciente, nos toma pelas mãos a divagar.
A quietude do ambiente – menos carros, menos barulho, menos gente – agita o nosso interior. Na televisão a programação de domingo não inspira muito o despender da nossa atenção. Então, pensamentos... muitos, variados, coloridos ou não, surgem para nos fazer companhia. Numa fusão impensada o ontem, o hoje e o amanhã parecem uma coisa só; tal qual se o tempo não tivesse a força e a coragem de jamais parar.
Domingo é dia de buscar a vida no fundo baú; um flashback de emoções e sentimentos. Dia das trilhas sonoras, das fotografias, dos filmes, das pessoas que estiveram, ou ainda estão, nos ajudando a escrever nas paginas das lembranças milhares de historias. Dia de rejuvenescer a alma através da energia que emana de todas as experiências acumuladas. Dia para rir ou chorar; mas, sobretudo, para se encontrar consigo mesmo. Nada de solidão! Do sombrio peso de estar só!
O convite que o domingo nos faz é para o desfrute do prazer indescritível oriundo da própria companhia. Aquele bom dedo de prosa com os próprios botões, entende?! Praticamente um balanço semanal da vida, a contabilidade existencial dos lucros e prejuízos; ora de refazer os planejamentos, selecionar as prioridades, estabelecer novas metas e delimitar os riscos. É! São tantas variáveis a nos ocupar, que nem sobra espaço para quaisquer investidas da solidão; afinal, domingo também é dia para estar com aqueles que queremos tão bem. Perto ou longe, não importa! A geografia não é desculpa para distanciamentos!
Portanto, a semana se inicia sempre nos conclamando ao exercício do equilíbrio, do resgate ao que nos é de fato importante. Por isso, o domingo é um dia atípico! Precisamos das suas diferenças marcantes para chamar a nossa atenção e nos envolver; a pausa que antecede a todos os veredictos. Desse modo, os domingos não se arrastam como fardos pesados; passam breves, suaves e até com gostinho de quero mais para aqueles que sabem extrair as suas sutis entrelinhas. Carpe diem!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

SESSÃO CONJUNTA...

Em Sessão Conjunta realizada no dia 16 de novembro de 2012 das Academias:

** Divine Académie Française des Arts, Sciences et Lettres (da qual estou como Embaixador no Rio de Janeiro) que tem como Presidente a Acad. Diva Pavesi
** Guabanarina de Letras e da Academia Brasileira de Ciêncas Sociais que tem como Presidente a Acad.Yara Vargas
** Rio-Cidade Maravilhos que tem como Presidente a Acad. Beatriz Dutra
** Sociedade de Cultura Latina no Rio de Janeiro que tem como Presidente Zélia Maria Fernandes

exercendo a função de Mestre de Cerimônias tive a oportunidade de rever vários confrades e confreiras.


A Mesa Diretora 
 
 
 No primeiro plano Eu e a Acad. Diva Pavesi,
ao fundo o Acad. Wagner Fráguas.
 

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

AMBASSADEUR

Em solenidade realizada no Palacete Julieta Serpa, (Flamengo-Rio de Janeiro)
sob os auspícios da Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture
 realizou-se a imposição de títulos.
Na ocasião fui elevado à dignidade de Ambassadeur daquele sodalício para o Rio de Janeiro.

 
 
 

   Diploma e Medalha
 
Depois da solenidade houve um jantar.



 
 
 
Inclusão a pedido:
Menu

 

 
 

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

PRESIDENTE DE HONRA

Em reunião ordinária da ACADEMIA BRASILEIRA DE MEIO AMBIENTE -ABMA- realizada no dia 14 de novembro de 2012 foram agraciados com o TÍTULO DE PRESIDENTE DE HONRA:
Acad. Diva Pavesi - Presidente Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture
Acad. Eduardo Gomes de Souza
e Acad. Elandro Burity.

Da esquerda para a direita:
O Embaixador da Divine - Elvandro Burity - Eduardo Gomes de Souza - Diva Pavesi - Nilza Pinheiro


 

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

MEMBRO EFETIVO DA SBPA

 
Membro Efetivo da
Sociedade Brasileira dos Poetas Aldravianistas - SBPA 
fundada em 25 de novembro de 2011
 
 
Recebi a Medalha e o Diploma
das mãos do Presidente da Aldrava Letras e Artes - Escritor Aldravianista - Gabriel José Bicalho
 
 
 




segunda-feira, 5 de novembro de 2012

HÁ MUITO TEMPO NAS ÁGUAS DA GUANABARA...

 
 
Matéria publicada no jornal O DIA - edição de 27/10/2012 - sábado
que dispensa qualquer comentário.
 
MEMÓRIA DO DIA
 

Para melhor visualizar, por favor, clique na matéria acima CONEXÃO > LEITOR

domingo, 4 de novembro de 2012

VITÓRIA SEM FESTA

NÂO ESQUEÇA!!!!!! LEMBRE-SE!!!!!
 
Mensagem recebida de Net 7 Mares net7mares@gmail.com
 
 
VITÓRIA SEM FESTA
Net 7 Mares
Em 4 de setembro deste ano,
Quarenta anos preso ao tabaco,
Logrei, enfim, num esforço sobre-humano,
Dizer: "Parei! Não mais serei um fraco!"
Lancei o isqueiro e o maço de cigarros
Na lixeira que mais perto encontrei,
Pouco importa se fiquei co'os pigarros;
Uma festa! Isto sim, é o que farei.
Soltar foguetes, fogos de artifícios
Por ver-me livre desse malefício,
Mas eis que uma questão me veio à mente:
Como é que eu poderia fazer festa,
Se as linhas que a velhice pôs-me à testa
Indicam que parei tão tardiamente?
@@@@@@@
 
 

sábado, 3 de novembro de 2012

EM PRIMEIRA MÃO...

 
Hoje, recebi os exemplares do livro "EXPRESSÕES DA ALMA"
(comemorativo das minhas Bodas de Ouro com a Daise - 12/1/1963 - 12/1/2013)
 
que, se Deus quiser, será lançado no dia 12 de janeiro de 2013
nas dependências do Hotel Fazenda Santa Bárbara.
 
 
 
 

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

DOIS DE NOVEMBRO DE 2012

Há muitas doutrinas conflitantes sobre a morte e a eternidade. Considero  que  a morte é uma separação, e não o fim da existência da pessoa (veja Tiago 2:26).
 
 
Hoje, feriado nacional – DIA DE FINADOS – DIA DOS MORTOS. Em síntese o dia criado para  homenagnes póstumas às pessoas falecidas – decididamente podemos considerar que não é um dia de comemoração. Famílias vão a cemitérios para visitar ente queridos  que partiram e deixaram saudades. Para muitos a morte significa a passagem para um outro lado – a ida para vida eterna.
 
Pois bem, hoje, acendo uma vela virtual em prol das almas daqueles com quem, compartilhei momentos quer tenham sidos parentes, amigos ou, simplesmente, desconhecidas pessoas cujo passos um dia se entrecortornaram em minha caminhada por este Planeta.