Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



quinta-feira, 23 de março de 2017

60 ANOS... 1957 - 2017 TURMA IRIS





      Em 1957 juramento à Bandeira.
Parecia um milagre
Marujos prontos.
 A Esquadra nos esperava.
O tempo passou...
Lá se vão 60 anos...
Mais de 30 na inatividade...
Quanto mais o tempo passa...
Tanto mais se fica marcado
Nunca, jamais se esquece
Das lembranças do passado.




Recordo os dias em que a luta pela autoafirmação  era uma constante. Longe do lar paterno... Foi tempo de superar dificuldades de adulto mal saído da adolescência.  Tempos de alegrias e de tristezas, das vitórias e das decepção
de quem deseja - vencer e proar o seu valor.

No auge dos 77 anos, a minha vida prossegue sem grandes oscilações na certeza de que o maior prêmio é a consciência do dever cumprido.



Vejo o  mundo como um palco de contradições... Gosto de gente, gosto de conversar independente de cor, idade ou posição social. Sou um sonhador. Tenho um quê de rebeldia. Tenho uma visão romântica da vida. Possuo defeitos e como todo ser humano busco a perfeição. Tive amores à primeira vista, carnal, livre e platônico. Causei alguns dessabores... Sou uma pessoa contraditória e polêmica. Que me cubram de ignomínia, que me despojem de todos os bens e me arranquem a própria vida. O que nunca poderão roubar é a liberdade de pensar. Ela é, foi e sempre será a verdadeira fonte de minha vida.


Consciente de minha fragilidade humana continuarei, até aos meus dias finais, exercitando o labor ininterrupto de "desbastar a pedra bruta" das minhas imperfeições.